Apologética

Ponto de Equilíbrio Teológico Soteriológico

Por Pastor Isaac Pinto

Há dentro da Cristandade grandes divisões quanto a Doutrina da Salvação. Temos os Calvinistas Supralapsarianos que exalta a Irresistível Graça de Deus particular (gratia particularis) como única fonte de Salvação, reduzindo o homem a nada, e cogita que a salvação é um processo praticado sem a intervenção da vontade humana, e que até a necessidade da pregação do Evangelho pode ser dispensada; e os Armianistas (Sinergismo e Infralapsariano) que exalta a vontade humana, e o livre-arbítrio quanto a sua salvação, chegando até mesmo negar que somente a Graça de Deus (sola gratia) salva os pecadores, mas que a salvação se alcança mediante a colaboração da Graça divina com a vontade humana.

 

A dificuldade entre estas teorias teológicas é compreender de que maneira se compatibilizam a Soberania divina e a vontade humana. A Bíblia como livro divino dirime essas dificuldades mostrando claramente que os dois lados são conciliáveis, e que apenas são dois lados de uma grande verdade, que diz respeito a uma ação recíproca da Soberania divina e da vontade humana. O grande problema é o radicalismo ou extremismo que por vezes são antibíblicos e antagônicos colocados por alguns dos seus adeptos, gerando por vezes como resultado natural reações que conduzem erro: (1) o excessivo ou exagerado destaque a Irresistível Graça de Deus particular (gratia particularis) como única fonte de Salvação, que pode levar o crente a viver uma vida inadvertida, sem cuidado, sem reflexão, negligente, imprudente, etc., pois ele pode compreender que haja o que houver com suas atitudes elas não têm nenhuma ligação com sua salvação; e (2) o excessivo ou exagerado destaque a vontade humana e o livre-arbítrio, que pode levar o crente a um legalismo observando e obedecendo com rigor códigos morais, imaginando que tais coisas o fazem alcançar o favor divino, e assim fica quase o privando de ter total confiança de sua salvação na obra salvífica de Jesus Cristo provido pela Sua expiação. A solução prática é evitar o radicalismo ou extremismo, e entender que Deus não está sujeito aos limites do entendimento humano “Ele é Soberano” e que o ser humano não é um robô ou boneco nas mãos de um Deus Extravagante, Esquisito, Imprevisível e Irado, e mesmo que nos aprofundemos nos mistérios divinos, somos ainda limitados no conhecimento de determinados assuntos espirituais (Deuteronômio 29:29; Atos 1:7; Romanos 11:33-36; 1ª Coríntios 2:16).

 

Os pais da Igreja, e os teólogos antigos e modernos (Agostinho, Pelágio, Calvino, Armínio, Lutero, Aquino), foram importantes homens usados por Deus no desenvolvimento de suas teorias teológicas que muito tem contribuído para o nosso conhecimento. No entanto devemos entender que elas não são conclusivas sobre a nossa Salvação, nem tampouco a nossa Salvação depende de conhecermos essas teorias. A única palavra conclusiva que Jesus Cristo é a fonte para a nossa Salvação é a Bíblia especificamente o Novo Testamento (cf. 2ª Timóteo 2:10; Hebreus 5:9; Romanos 10:9-11 comparar Atos 16:31; 1ª João 5:20; Judas V-21).

post_event:
1374772140

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

O Resultado de uma Igreja Cheia da …

  Em Atos 2.42-47 nós encontramos os resultados da Igreja do Novo Testamento cheia da unção. No Livro de Atos, a Igreja tinha apenas começado. A Experiência do Pentecostes aconteceu no começo do capítulo 2 de Atos e a Igreja come…

IPCC

A Igreja de Cristo Pentecostal na  America tem uma longa história. Celebraremos cem anos desde a nossa fundação, em 2017. Depois de 100 anos, nossos métodos e estilo de adoração tem mudado, mas a Mensagem tem permanecida fiel à Palavra de D…

Crescimento da Igreja

Lucas 5:1-11 2 – E viu estarem dois barcos junto à praia do lago; e os pescadores, havendo descido deles, estavam lavando as redes. 3 – E, entrando num dos barcos, que era o de Simão, pediu-lhe que o afastasse um pouco da terra; e, assent…

VOLTEMOS AO PRIMEIRO AMOR

Quando alguém recebe  Cristo como seu Senhor e Salvador, experimenta o deleite do primeiro amor. É uma paixão que incendeia o seu coração e inunda a sua alma. O Espírito de Deus testemunha com o seu espírito que ele é um filho de Deus (Rm 8…

Aos ministros do evangelho e obreir…

Todos nos esforçamos para destacarmos naquilo que fazemos. Não por vaidade, orgulho,ostentação,mas por amor,responsabilidade,por sentimento de que aquilo que abraçamos,se merece ser feito,merece ser bem feito. Assim Paulo agia, principalmen…

Missões e EU

A população mundial cresce de forma espantosa. Nota-se que no início do Período Cristão, havia cerca de 250 milhões de pessoas em todo o globo; em 1650, esse número aumentou para 500 milhões; em 1850, um bilhão; em 1940, dois bilhões; em 19…

O Eco do Perdão

14 Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. 15 Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas. Mt-6 Comecemos nossa reflexão com o mais sensível da verdade ex…

A LIBERDADE DE CRENÇA E CULTO

Está na moda citar a Carta Constitucional então seguirei nesta linha para refletir um pouco sobre a liberdade religiosa no Estado Brasileiro. Vejamos o que diz o preâmbulo e alguns textos da Constituição Federal: “Nós, representantes do …

Sinais de um pentecostalismo genuín…

Por Wallace Góis Ser pentecostal não é ser melhor que os “não pentecostais”, mas também não é estar numa categoria inferior como muitos sugerem. Por outro lado, ninguém vai deixar de ser salvo porque não acredita ou não experimentou o ba…

  • 1
  • 2
  • 3

Busca de Igrejas

Encontre uma ICPB perto de você

Log In

Create an account