Missões

Pastor e filho são mortos na África

O Rev. Pierre-Séverin Kongbo, de 52 anos de idade, e seu filho Dieubéni foram mortos em 28 de janeiro por ex-membros do grupo Séléka, no complexo da igreja Bégoua no norte de Bangui, capital da República Centro-Africana.

Um dia antes, cerca de 600 guardas presidenciais foram transferidos pelas forças francesas e africanas do centro da cidade para uma base militar no extremo norte da cidade, na sequência da retirada do presidente Michel Djotodia.

Kongbo e seu filho foram mortos após retaliação dos guardas presidenciais que culminou em um ataque. O pastor, que também era um membro da diretoria da União das Igrejas Batistas na República Centro-Africana, deixou esposa e cinco filhos. Ele e o filho foram enterrados no dia 29 de janeiro no complexo da igreja Bégoua.

Sua esposa disse ao World Watch Monitor que os rebeldes haviam visitado sua casa duas semanas antes, perguntando pelo seu marido. Ela lhes disse que o pastor não estava e deu-lhes todo o dinheiro que havia na residência.

Em 28 de janeiro, os rebeldes voltaram, antes de disparar contra o pastor e seu filho mais velho.  “Permanecemos impotentes diante de inúmeros desafios, e muitos de nossos irmãos estão decepcionados, já que não podemos fazer nada por eles em resposta aos seus apelos por ajuda”, disse um cristão local por e-mail.

“Muitos perderam tudo; tiveram suas casas saqueadas ou incendiadas. Outros perderam um filho ou um membro da família. E isto apenas em Bangui. Estamos profundamente preocupados com os nossos irmãos das províncias mais afastadas que são forçados a se esconder em arbustos. Nós não ouvimos sobre eles há um tempo.”

Desde a renúncia e o exílio do ex-presidente Djotodia para Benin, centenas de ex-membros do Séléka saíram da capital, deixando desolação em seu rastro. 75 pessoas foram mortas, semana passada, devido à violência religiosa na cidade de Boda, 100 quilômetros a oeste de Bangui.

A presidente Catherine denunciou fortemente a violência em curso, em um discurso televisionado no dia 31 de janeiro. “Nada vai justificar tais crimes e atos de barbárie”, disse ela. “Portanto, é inaceitável que as mortes continuem. Eu não posso tolerar tais atos e não ficarão impunes”. Desde o início dos conflitos até hoje, mais de um milhão de pessoas foi deslocado e dois milhões necessitam de ajuda humanitária urgente.

Fonte: Portas Abertas

post_event:
1392826342

3 Comments

  1. Jaqueline Oliveira Reply

    É mesmo assim irmão temos que ter forças, pois não é fácil fazer a obra do Senhor…… Mas pode ter certeza que todos que morrerem por amor dEle serão recompensados ……

  2. Lucia oliveira Reply

    so a misericórdia de Deus, em nossas vidas.temos que renunciar e até morrer por amor a Cristo, foi o que aconteceu com nossos irmãos, mais com certeza descansam nos braços de Jesus, aleluias!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunistas

Liderança

O estudo da liderança é de suma importância, principalmente, na época em que estamos vivendo, a fim de ajudar o homem escolhido por Deus a ter sucesso em sua missão. O desconhecimento deste magno assunto leva o líder…

O Resultado de uma Igreja Cheia da …

  Em Atos 2.42-47 nós encontramos os resultados da Igreja do Novo Testamento cheia da unção. No Livro de Atos, a Igreja tinha apenas começado. A Experiência do Pentecostes aconteceu no começo do capítulo 2 de Atos e a Igreja come…

IPCC

A Igreja de Cristo Pentecostal na  America tem uma longa história. Celebraremos cem anos desde a nossa fundação, em 2017. Depois de 100 anos, nossos métodos e estilo de adoração tem mudado, mas a Mensagem tem permanecida fiel à Palavra de D…

Crescimento da Igreja

Lucas 5:1-11 2 – E viu estarem dois barcos junto à praia do lago; e os pescadores, havendo descido deles, estavam lavando as redes. 3 – E, entrando num dos barcos, que era o de Simão, pediu-lhe que o afastasse um pouco da terra; e, assent…

VOLTEMOS AO PRIMEIRO AMOR

Quando alguém recebe  Cristo como seu Senhor e Salvador, experimenta o deleite do primeiro amor. É uma paixão que incendeia o seu coração e inunda a sua alma. O Espírito de Deus testemunha com o seu espírito que ele é um filho de Deus (Rm 8…

Aos ministros do evangelho e obreir…

Todos nos esforçamos para destacarmos naquilo que fazemos. Não por vaidade, orgulho,ostentação,mas por amor,responsabilidade,por sentimento de que aquilo que abraçamos,se merece ser feito,merece ser bem feito. Assim Paulo agia, principalmen…

Missões e EU

A população mundial cresce de forma espantosa. Nota-se que no início do Período Cristão, havia cerca de 250 milhões de pessoas em todo o globo; em 1650, esse número aumentou para 500 milhões; em 1850, um bilhão; em 1940, dois bilhões; em 19…

O Eco do Perdão

14 Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. 15 Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas. Mt-6 Comecemos nossa reflexão com o mais sensível da verdade ex…

A LIBERDADE DE CRENÇA E CULTO

Está na moda citar a Carta Constitucional então seguirei nesta linha para refletir um pouco sobre a liberdade religiosa no Estado Brasileiro. Vejamos o que diz o preâmbulo e alguns textos da Constituição Federal: “Nós, representantes do …

  • 1
  • 2
  • 3

Busca de Igrejas

Encontre uma ICPB perto de você

Log In

Create an account